sexta-feira, 26 de novembro de 2010

Rally das Serras 2010

A Via Serra Lages e Auto Elite São Joaquim estiveram também presentes no Rally das Serras 2010..

Confira!
video

Amarok vence prêmio AutoData 2010 como melhor pick-up do ano

A pick-up Amarok conquistou nesta semana o Prêmio AutoData 2010 na categoria Veículo Comercial Leve. A cerimônia de premiação foi promovida na última quarta-feira pela Editora AutoData e contou com mais de 700 representantes do setor automotivo no auditório da Universidade Senac, em São Paulo. Lançada mundialmente em 2010, a Amarok tornou-se referência no segmento por estabelecer novos parâmetros de tecnologia e segurança.
O Prêmio AutoData é dividido em duas fases. Na primeira, os editores e repórteres da publicação selecionam os quatro indicados para cada categoria. Os escolhidos passam a disputar o voto popular dos leitores da revista, boletim e site da editora. Neste ano, as empresas e veículos concorrentes disputaram o voto de mais de 1.300 participantes – recorde para o prêmio. Todo o processo de votação foi auditado pela Prada Consultoria.


 Este é o segundo prêmio conquistado pela Amarok em novembro – a pick-up também foi eleita “Picape do Ano 2011”, uma das principais categorias da premiação “Carro do Ano”, promovida pela revista Autoesporte. Além da escolha do juri, a pick-up também foi a escolhida pelo público na votação do site da revista Autoesporte, com 62% dos votos.
“Os prêmios recebidos pela Amarok representam o reconhecimento da qualidade, segurança e inovação do modelo e comprovam a capacidade tecnológica da marca nesse segmento”, afirma Carlos Leite, gerente de Vendas e Marketing Amarok.

A Amarok também ganhou, em setembro, a primeira edição do "International Pick-Up Of The Year 2011" durante o 63ª Salão Internacional de Veículos Utilitários de Hannover, na Alemanha. O prêmio é organizado pela associação que representa a indústria automotiva alemã, a VDA.

terça-feira, 23 de novembro de 2010

Amarok é a pick-up do ano 2011

A pick-up média Volkswagen Amarok é considerada o melhor lançamento do segmento por júri da revista Autoesporte e na votação popular.


A pick-up Amarok foi eleita a “Picape do Ano 2011”, uma das principais categorias do prêmio “Carro do Ano”, o mais tradicional e disputado da indústria automobilística brasileira, organizado pela revista Autoesporte, da Editora Globo. A premiação ocorreu na noite de quarta-feira, em evento realizado no Credicard Hall, na capital paulista. Todo o processo de votação foi supervisionado pela auditoria PricewaterhouseCoopers.





A premiação reflete o sucesso da Amarok entre os jornalistas especializados, principalmente por estabelecer novos parâmetros de tecnologia e segurança no segmento, tornando-se assim uma referência. A pick-up também foi a escolhida pelo público na votação do site da revista Autoesporte, com 62% dos votos. 


“O reconhecimento da Amarok, que marcou a entrada da marca no segmento de pick-ups médias, demonstra a capacitação tecnológica da marca nesse mercado”, afirmou  Thomas Schmall, presidente da Volkswagen do Brasil.  


Para eleger a Amarok como “Picape do Ano 2011”, o júri de jornalistas da revista bem como de publicações especializadas do setor considerou como seus principais atributos o design, atualidade do projeto, inovação tecnológica, performance, segurança, custo-benefício, entre outros. 


De acordo com esses critérios, a pick-up da Volkswagen foi a preferida entre os concorrentes. A Amarok também ganhou, em setembro, a primeira edição do "International Pick-Up Of The Year 2011" durante o 63ª Salão Internacional de Veículos Utilitários de Hannover, na Alemanha. O prêmio é organizado pela associação que representa a indústria automóvel alemã, a VDA. 

segunda-feira, 22 de novembro de 2010

Detalhes do Golf Blue-e-motion


A Volkswagen acaba de revelar detalhes do futuro Golf blue-e-motion, que chegará ao mercado apenas em 2014. A versão elétrica do Golf tem um motor de potência equivalente a 115 cavalos, montado debaixo do capô.




O seu pacote de baterias de íon de lítio tem uma capacidade de 26,5 kW/h, o que entrega autonomia suficiente para 150 quilômetros. Na época em que a Volkswagen estiver para lançar este modelo, a autonomia será maior.

O Golf elétrico também terá um sistema de recuperação de energia, onde o motorista regula quanto de energia ele quer recuperar nas frenagens. As configurações, que vão de D até D3, mudam o comportamento do hatch. 

No D, ele anda normalmente quando o motorista para de acelerar. Já em D3, ele aplica os freios sempre que você para de acelerar. Os perfis de condução são três, Normal, Comfort+ e Range+. A maior potência está disponível na configuração Normal, e no caso do perfil Range+ a potência é limitada a 69 cavalos o tempo todo, para aumentar a autonomia.

Fonte: Notícias Automotivas.


terça-feira, 16 de novembro de 2010

Golf versão especial Sportline Limited Edition

O VW Golf ganhou uma série especial chamada Sportline Limited Edition, que será produzida por seis meses.




Baseada na versão Sportline 1.6 Flex, o hatch terá visual diferenciado, como para-choque dianteiro com apliques na cor preto fosco na grade, faróis com máscara negra e contornos cromados nos refletores e moldura cromada nos faróis de neblina. A versão ainda terá novas rodas de liga-leve e a inscrição “Limited Edition” na tampa do porta-malas.
Por dentro, o modelo vai contar com teto solar com acionamento elétrico e acabamento diferenciado, como bancos com formato esportivo revestidos em couro, bem como o volante, a manopla do câmbio e o freio de estacionamento.  Já o painel de instrumentos vai ganhar iluminação por leds brancos, soleiras das portas com apliques em alumínio e inscrição “Golf” e banco traseiro bipartido. O preço sugerido para o Golf Sportline Limited Edition é de R$ 58.585,00. 
Fonte: Quatro Rodas 

segunda-feira, 8 de novembro de 2010

Volkswagen Jetta R 2011: protótipo com motor 3.6 e tração integral

Durante um evento de imprensa feito na Europa, a Volkswagen mostrou um protótipo do Jetta R 2011, equipado com motor 3.6 V6, câmbio DSG de seis marchas e a tração integral 4Motion. A carroceria, no entanto, não sofreu modificações.



Apenas notamos que o esportivo tem rodas maiores e quatro saídas de escape na traseira. Se o Jetta R realmente for produzido, é claro que ele terá parachoques especiais, saias laterais, etc. No interior, bancos esportivos e pedais em alumínio. Com o Jetta R, a família R da Volkswagen cresceria ainda mais, além de contar com os já existentes Golf R e Scirocco R, além do especulado Polo R. Se o Jetta R será feito ou não, tudo depende da reação do mercado. Se muita gente o quiser, pronto.
Foi o que disse Ulrich Hackenberg, chefe de pesquisa e desenvolvimento da marca, para a Autocar. Que se os consumidores da marca quiserem, o Jetta R será produzido. Mas é aquilo. O Jetta 2011 europeu é bem diferente do americano (e consequentemente o que será vendido aqui).
A versão mais em conta do Jetta 2011 na Europa tem um motor 1.2 TSI de 105 cavalos e preço de 20.900 euros, ou seja, 48.600 reais. Nos EUA, o modelo mais barato tem motor 2.0 de 115 cavalos e preço de 15.995 dólares, ou 26.800 reais. Uma grande diferença de preço para uma grande diferença de qualidade.
Fonte: Notícias Automotivas.

quinta-feira, 4 de novembro de 2010

Conversível Volkswagen será lançado em 2014

Após muitas duvidas e especulações, a Volkswagen confirmou oficialmente que ira apresentar em 2013 seu conversível baseado no conceito Bluesport, com sua chegada prevista para o mercado apenas para o ano de 2014.



Ainda de acordo com a Volkswagen, sua apresentação em 2013 ocorrerá no Salão do Automóvel de Frankfurt. Contudo, as informações acerca do futuro roadster da companhia alemã cessam por ai, onde é especulado que seu projeto seja também dividido entre o novo Audi R4 e ainda para um compacto baby-Boxter da Porsche.
Na sua apresentação há dois anos atrás, o conceito Volkswagen Bluesport contava com um motor TDi de 180 cavalos, capaz de acelerar o modelo de 0 a 100 km/h em apenas 6,6 segundos e atingir uma velocidade máxima de 222 km/h. Mesmo antes de seu lançamento, o modelo passou por altos e baixos, onde sua produção foi até descartada deviso a recente e forte crise econômica internacional.
Fonte: Carango.