terça-feira, 29 de março de 2011

Gol G4 tem opção “Way”

Como parte da Linha 2012, a Volkswagen mexe no seu mais popular carro antigo, o Gol G4. O hatch da VW ganha um pacote de elevação da suspensão para poder enfrentar terrenos difíceis, tais como algumas de nossas ruas e estradas. A montadora decidiu atender aos pedidos dos consumidores e também de empresas, já que boa parte das vendas do velho G4 é de pessoas jurídicas, adicionando uma suspensão mais alta e aparentemente mais robusta.

O modelo traz ainda indicador de marcha de série para maior economia de combustível, além de frisos na carroceria, caixas de rodas pretas e detalhes cromados no interior incluídos no pacote Trend, que logicamente é opcional. Bom, os consumidores do G4 já devem estar pedindo isso faz tempo, mas nada como uma liderança ameaçada para que o Gol G4 ganhe finalmente essa opção e possa brigar pelo menos com o Mille Way.
Fonte: Notícias Automotivas

segunda-feira, 28 de março de 2011

Volkswagen no Brasil só perde para China em vendas

Com vendas de 148.430 veículos de janeiro até o último dia 23, a Volkswagen do Brasil conseguiu superar a Alemanha, pátria da montadora, passando a ser agora o segundo maior mercado da marca, só perdendo para a China, onde ela parece como segunda mais vendida, embora não se valendo de utilitários pequenos, como a GM.

A alta de 18,8% no período superou o crescimento médio do mercado, então com 9,6%. Mesmo com uma briga acirrada com a Fiat, a VWB não desiste de retomar a liderança perdida anos atrás para a italiana. Para isso, vai gastar R$6,2 bilhões em aumento de produção e novos produtos, entre eles, um subcompacto inédito na faixa dos R$23.000.
Fonte: Notícias Automotivas

Volkswagen apresenta novidades da linha 2012

Fox ganha pacotes Black e Silver; apenas SpaceFox e Amarok não têm mudanças

Além de um novíssimo Jetta, a Volkswagen apresentou na última sexta-feira (25/03), em Mogi das Cruzes (SP), a linha 2012 dos seus modelos produzidos no Brasil. A maior novidade são os pacotes BlackFox e SilverFox, disponíveis para o hatchback com motor 1.0. Também foi incluído o I-Trend, que associa itens visuais e tecnológicos. Os argentinos SpaceFox e Amarok 2012 chegam depois.

BlackFox e SilverFox tem visual e interior exclusivos


O BlackFox vem pintado na cor preto Magic e tem rodas de 15 polegadas modelo Spa na cor cinza Edelstahl. Já o SilverFox tem carroceria em prata Sargas e as mesmas rodas tingidas de preto Ninja. os dois trazem para-choque dianteiro com friso cromado na grade inferior, aerofólio traseiro (na cor do veículo no BlackFox e em cor preto Ninja no SilverFox) e maçanetas das portas na cor do veículo.

Também há revestimentos dos bancos em tecido Spacer cinza, volante com design diferenciado, espelhos de cortesia dos para-sóis com iluminação, manopla da alavanca de câmbio exclusiva, teto e colunas escuros. Os logotipos vão nas portas dianteiras e tampa traseira.

O pacote I-Trend está disponível para toda a linha Volkswagen 2012 e inclui computador de bordo I-System, CD player com interface para iPod, volante multifuncional, quatro alto-falantes e dois tweeters.

O pacote I-Trend agrega sistema de áudio e rodas de aço de aro 15

Na linha Gol e Voyage, a iluminação do painel passa a ser vermelha nas versões de entrada e branca nas versões superiores. Também há couro sintético Native Vienna para o Gol Power e Rallye e para o Voyage Comfortline. No Gol são opcionais as luzes de emergência que acionam o pisca alerta no caso de frenagens bruscas.

A Saveiro 2012 tem nova iluminação dos mostradores e revestimentos internos renovados. A Trooper ganha novas faixas laterais, lanternas escurecidas, rodas de aço em cor Night Black, preparação para som, além de rodas de alumínio escurecidas e revestimento interno em Native Vienna preto, também oferecido na Saveiro Cross.

O Gol G4 e a Parati ganham sobrevida com a linha 2012. O primeiro tem suspensão elevada opcional, enquanto a perua tem novos revestimentos e acabamento de componetes do painel na cor Shark Silver. No Fox e CrossFox, além do I-Trend e das luzes de emergência em frenagens, há o terceiro encosto de cabeça traseiro e a adoção da cor cinza Ubatuba em detalhes externos do CrossFox, que dá mais contraste.

Por fim, a linha Golf 2012 tem airbag duplo e freios ABS (antitravamento) e I-System de série nas sete versões. A Sportline recebe apliques inferiores em preto fosco no parachoque dianteiro, faróis de neblina com molduras cromadas e saída dupla de escapamento cromada. O interior tem bancos de couro com tear Spider preto) e painel de instrumentos com iluminação branca. O Golf GT inclui retrovisor interno eletrocrômico e sensores de chuva e crepuscular.

Saveiro, CrossFox e Golf recebem novos detalhes exclusivos


Fonte: Interpress Motor

quinta-feira, 24 de março de 2011

Volkswagen comemora 58 anos no Brasil

A Volkswagen comemora ontem, 24 de março, seu aniversário de 58 anos de Brasil. Essa história de sucesso teve início em um pequeno galpão alugado na rua do Manifesto, no bairro do Ipiranga, em São Paulo, com apenas 12 funcionários. Apenas seis anos depois, em 18 de novembro de 1959, a empresa já inaugurava a unidade Anchieta, com a participação do então presidente Juscelino Kubistchek.

Em 1976, a Volkswagen iniciou a operação da fábrica de Taubaté, erguida com o propósito de produzir o Gol, carro mais vendido há 24 anos consecutivos. Vinte anos depois, em 1996, a empresa inaugurou a fábrica de São Carlos, uma das três maiores produtoras de motores do Grupo Volkswagen no mundo. E, em 1999, iniciou a operação da moderna unidade de São José dos Pinhais.


Ao completar 58 anos, a Volkswagen está iniciando uma nova etapa no Brasil, na qual haverá maior conexão tecnológica entre os produtos e processos desenvolvidos no país e o que existe de mais moderno e inovador no Grupo Volkswagen. Até 2014, a empresa investirá R$ 6,2 bilhões em novos produtos e na ampliação da capacidade das fábricas brasileiras.

Em dezembro de 2010, a Anchieta inaugurou nova linha de pintura, ampliando sua capacidade produtiva. Em fevereiro, São Carlos aumentou a produção motores e a Taubaté iniciou a construção de uma nova área de Pintura.



Fonte: Volkswagen

quarta-feira, 23 de março de 2011

Confira como vai ficar o Gol no início do ano que vem

Campeão de vendas terá pacote de mudanças 


Projeção mostra como ficará o Gol a partir do início de 2012. Principal mudança ficará por conta da frente do mesmo estilo do Fox



A Volkswagen prepara um pacote de novidades para seu carro-chefe, mas elas só vão ficar prontas no começo do ano que vem. Uma das providências será, enfim, a chegada da versão de duas portas, que sempre tem um público cativo, sobretudo entre grandes frotistas.
O preço será cerca de R$ 2 mil inferior ao do equivalente quatro portas, o que também atrai o público jovem, que não leva família no carro. Vale lembrar que o Uno terá em breve uma versão duas portas – o lançamento está atrasado em função da forte demanda pelo modelo quatro portas.

Mas a novidade mais importante será a primeira reestilização do Gol 5, aquela de “meio do caminho” entre uma geração e outra. Tivemos acesso a diversas peças do modelo, o que permitiu montar as projeções. O desenho dianteiro vai seguir a tal “coerência visual” da marca no mundo. Isso significa que o Gol ficará bem parecido com o Fox, notadamente na grade (com dois filetes) e nos faróis (mais retos e conectados à grade).

A traseira vai mudar pouco. Apenas as lanternas serão reestilizadas, assim como o para-choque.

Também haverá diferenças externas de acabamento entre as versões básicas e as demais. As versões topo de linha terão filete cromado na tomada de ar do para-choque e nos nichos onde vão os faróis de neblina. Na traseira, as mudanças serão mais sutis em relação ao Gol atual. De qualquer forma, as lanternas terão configuração de luzes semelhantes às do Fox, e o para-choque será totalmente novo, agora com olhos de gato (sim, mais uma vez seguindo o que foi feito no Fox).
Fonte: Auto Esporte

sexta-feira, 18 de março de 2011

New Beetle 2012 estreia em Xangai e Nova York

Nova geração do modelo será mostrada em dois salões ao mesmo tempo


A Volkswagen vai mostrar a nova geração do New Beetle pela primeira vez em dois salões internacionais ao mesmo tempo. A partir do dia 19 de abril, o carro poderá ser visto em Xangai (China) e, três dias depois, em Nova York (EUA). O carro terá a bancos esportivos, suspensão mais dura, rodas de 19” e saída dupla de escape. O sistema multimídia contará com tela touchscreen integrada com Bluetooth.

As vendas do novo modelo no mercado norte-americano começam no fim do mês que vem. A versão conversível está sendo preparada pela marca alemã e será lançada no início de 2012 com opção de motor turbodiesel apenas nos Estados Unidos.
Fonte: Auto Esporte

quinta-feira, 17 de março de 2011

Volkswagen coloca anúncio falante em jornal da Índia


A Volkswagen em parceria com a agência DDB Mudrae, criou um anúncio sonoro em um jornal impresso: o The Times of India.

Como você pode ver no vídeo, ao desdobrar o jornal, um dispositivo (razoavelmente mais elaborado que os de cartões e sensível à luz) reproduz uma narração que lista os principais diferenciais do novo modelo da montadora alemã, o Vento. Mesmo podendo assustar um pouco os desavisados, essa é uma ideia que chama (e muito) a atenção para o anúncio. Não acham?
Fonte: Comunicadores

video

quarta-feira, 16 de março de 2011

Vencedoras das vagas

As vencedoras da promoção que sorteou duas vagas para o Curso de Mecânica Básica para Mulheres, da Via Serra, foram @claudia_einecke e @rafabandieri.

O Curso acontecerá neste sábado, na Via Serra Lages.
Maiores informações pelo telefone (49) 3221 9100.

VW Gol G4 ganha motor 1.4 na Argentina

Preço inicial do hatchback equivale a R$ 18.231

O Gol G4 acaba de ganhar uma nova motorização na Argentina. O veterano passa a ser oferecido com um propulsor 1.4 de oito válvulas e quatro cilindros, movido a gasolina e que entrega 83 cv.

Segundo a Volkswagen, a principal vantagem do novo motor está no consumo de combustível, que é 10% menor do que a versão Power 1.6, de 92 cv. A lista de equipamentos do Gol Power 1.4 é modesta: a versão de entrada é a Base e oferece apenas rodas de aço de 14 polegadas, brake-light, retrovisores pintados na cor da carroceria, rádio com CD Player e quatro alto-falantes. Quem quiser direção hidráulica e ar-condicionado precisará optar pela versão Base Plus.

O Gol Power 1.4 Base com três portas tem preço sugerido de 44.240 pesos (ou 18.231 reais), sendo que a opção com cinco portas custa 46.100 pesos – aproximadamente 18.997 reais. Já a versão Power 1.4 Base Plus com três portas pode ser comprada por 50.020 pesos – cerca de 20.613 reais. O Gol Power 1.4 Base Plus com cinco portas é vendido por 52.130 pesos, ou 21.482 reais.

Nos próximos meses, o motor também chega à perua Gol Country, que nada mais é do que a versão argentina da Parati G4.
Fonte: Quatro Rodas

VW terá subcompacto e Golf mexicano no Brasil

Modelo médio deixará de ser feito no Paraná para dar lugar ao novo hatch pequeno


Quem esperava pela produção do Golf 7 no Paraná, em substituição ao atual Golf 4 (e meio), pode tirar o cavalinho da chuva. Como tem ocorrido com vários projetos de maior valor agregado, o Brasil perdeu a disputa para o México. O consolo é que ele virá de lá com status (e preço) de carro nacional, já que não recolherá os 35% do Imposto de Importação.

A Volkswagen ainda não anunciou a produção do modelo no México, mas o fará em breve, segundo nossas fontes. De lá está chegando o novo Jetta, que usa a mesma plataforma do hatch médio. Outro indicativo de que o próximo Golf será mexicano é que o New Beetle, feito lá até recentemente, muda para os Estados Unidos na próxima geração, na mesma fábrica do novo Passat norte-americano, em Chatanooga. E o Bora está saindo de linha. Logo, a fábrica fica liberada para produzir Golf e Jetta em grande escala.

A saída do Golf do Paraná também ajudará a liberar espaço no Brasil para a produção em altíssimo volume de um subcompacto, de preço inferior ao do Gol, em 2014. O modelo virá para brigar com o Fiat a ser feito em Pernambuco, posicionado abaixo do Uno. E suas linhas serão próximas às do futuro Lupo europeu. Contudo, o acabamento e o conteúdo no Brasil serão inferiores, de forma que seu preço não fique muito acima de R$ 20 mil.




Projeção da sétima geração do Golf que será feita no México e virá para o Brasil sem pagar Imposto de Importação


Fonte: Auto Esporte

Os 50 automóveis mais vendidos na Europa

Foram revelados os 50 automóveis mais vendidos no mercado europeu no último ano. O Volkswagen Golf foi novamente o primeiro colocado, com 502.307 unidades entregues. O Ford Fiesta foi o segundo e teve 425.595 unidades vendidas. Já a briga pela terceira posição foi intensa. Quem se deu melhor foi o Volkswagen Polo. O modelo obteve 364.439 emplacamentos, contra 348.921 do Renault Clio, 333.622 do Opel Corsa e 310.827 do Peugeot 207, respectivamente quarto, quinto e sexto colocados. Apesar dos nomes semelhantes, todos estão uma geração à frente dos modelos vendido no Brasil. No caso do Golf já são duas.

Golf

Polo


Entre os destaques, o Nissan Qashqai, com 215.982 unidades. O crossover foi o modelo mais vendido entre as montadoras japonesas. O Dacia Sandero também se sobressaiu e alcançou 139.234 vendas. Confira o ranking abaixo.


Automóveis mais vendidos na Europa em 2010
1- VW Golf 502.307 unidades
2- Ford Fiesta 425.595 
3- VW Polo 364.439 
4- Renault Clio 348.921 
5- Opel/Vauxhall Corsa 333.622 
6- Peugeot 207 310.827 
7- Opel Astra 306.152 
8- Ford Focus 292.348 
9- Renault Mégane 272.612 
10- Fiat Punto 266.553 
11- Fiat Panda 236.323 
12- Citroën C3 230.140 
13- Nissan Qashqai 215.982 
14- BMW Série 3 187.623 
15- Renault Scénic 187.012 
16- Skoda Octavia 186.994 
17- Peugeot 308 181.976
18- Audi A3 178.860 
19- Audi A4 173.069 
20- VW Passat 170.876 
21- Fiat 500 165.454 
22- Toyota Yaris 165.174 
23- Skoda Fabia 162.207 
24- SEAT Ibiza 157.610 
25- Mercedes Classe C 151.848 
26- Renault Twingo 150.237 
27- BMW Serie1 147.863 
28- Mercedes Classe E 142.003 
29- Dacia Sandero 139.234 
30- Opel Insignia 139.012 
31- BMW MINI 130.115 
32- Peugeot 206+ 121.828 
33- Citroën C4 Picasso 120.047 
34- Peugeot 3008 117.819 
35- Hyundai i30 117.675 
36- BMW Série 5 110.669 
37- VW Tiguan 109.722
38- Mercedes Classe A 107.183 
39- Peugeot 107 106.842 
40- Opel Meriva 104.323 
41- Citroën C1 102.100 
42- Ford Mondeo 100.157 
43- Toyota Auris 96.073 
44- Hyundai i10 95.671 
45- Kia Cee'd 95.629 
46- VW Touran 94.927 
47- Opel Zafira 90.440 
48- VW Golf Plus 84.290 
49- Smart ForTwo 83.259 
50- Mercedes Classe B 82.150 

Fonte: Interpress Motor

VW supera Toyota em vendas globais

Grupo alemão cresceu 29,8% em janeiro e japoneses caíram 0,5%, aponta consultoria


A VW saiu na frente em 2011 pela liderança do mercado mundial, superando a Toyota. Segundo balanço da consultoria automotiva Jato Dynamics, a fabricante alemã registrou alta de 29,8% em suas vendas pelo mundo com um volume de 417.521 veículos vendidos em janeiro. Já a Toyota, que vinha liderando o ranking mundial à frente da Chevrolet desde 2007, caiu 0,5% e comercializou 394.350 automóveis no primeiro mês deste ano.

O crescimento da VW foi influenciado pela retomada da produção na Europa aos patamares anteriores a crise econômica mundial de 2008. Além disso, a montadora de Wolfsburg registrou altas em mercados asiáticos e americanos, em especial nos Estados Unidos. O resultado positivo, embora esteja nos planos da marca, veio antes do tempo. A meta da empresa era atingir o topo da indústria somente em 2014.

Mas a marca alemã não foi a única surpresa no ranking da Jato. A Chevrolet, que vinha na segunda colocação até o final de 2010, em janeiro caiu para a quarta posição. A sua frente ficou a Ford, que registrou alta de 14% neste ano, também por conta do mercado europeu. Ao todo, a marca do oval azul vendeu 324.243 veículos em janeiro contra 300.615 de sua rival conterrânea. O top 10 inclui ainda, pela ordem, Nissan, Hyundai, Honda, Kia, Renault e Fiat.
Fonte: Ig Carros

Volkswagen promove Test-Drive no papel

A Realidade Aumentada está, a cada dia que passa, caindo no gosto das empresas para realização de ações promocionais. Sendo assim, para quê explicar a inovação com palavras, se é possível mostrar na prática? Essa foi a aposta da Volkswagen para prender a atenção do público na Noruega: usar e abusar da Realidade Aumentada em seus anúncios impressos.

Ao folhar as revistas, os leitores se deparavam com uma estrada e uma mensagem que incentivava o download do aplicativo especialmente desenvolvido pela Mobiento. Ao passar o celular pela estrada do anúncio, um carro ocupava a tela e transformava o leitor em motorista.

E mais: o carro virtual contava também com todos os serviços do veículo real, como faróis e aviso de proximidade com a guia.

Fonte: Promoview

terça-feira, 15 de março de 2011

Promo da VW na Suécia dura enquanto houver neve

A Volkswagen da Suécia está realizando uma ação inédita para promover o automóvel Passat. Para aumentar o interesse no automóvel, que está sendo comercializado com descontos especiais, a marca optou por anunciar a ação promocional em um lago congelado do país. Enquanto o anúncio se mantiver de pé, a promoção continua.

Mas a brincadeira não para por aí. Além de serem convidados a comprar o carro com desconto, os interessados podem também tentar adivinhar quando o degelo do lago vai acontecer, por intermédio do site da ação de marketing promocional.



O inverno caminha para o seu fim no Hemisfério Norte, e muitos consumidores precavidos não quiseram perder tempo e correr o risco de chegar nas lojas após o término da promoção: as vendas já aumentaram 30% em relação a anúncios feitos de forma tradicional, desde que a campanha foi iniciada.

Uma forma diferente de otimizar o investimento em marketing, fazendo promoção com custo baixíssimo e envolvendo os consumidores de forma bastante natural.
Fonte: Promoview

segunda-feira, 14 de março de 2011

Grupo VW compra operações da Porsche

Medida era o último passo para completar a fusão entre as marcas conterrâneas
O Grupo Volkswagen concretizou nesta sexta-feira (4) mais uma importante meta de seu plano de crescimento mundial ao comprar as operações da Porsche. A negociação custou € 3,3 bilhões (cerca de R$ 7,5 bilhões) e finaliza o complexo processo de fusão entre as marcas, iniciado em 2008. Nesse ano, a VW adquiriu 51% das ações da fabricante de carros esportivos, que por sua vez também comprou 51% do controle acionário da VW.

Com a venda das operações, que envolve a parte de gerencia comercial e linhas de montagem, a Grupo VW passa a administrar de fato a Porsche. A conclusão da ação também acrescenta, enfim, a décima marca ao conglomerado alemão, que reúne Audi, Bentley, Bugatti, Lamborghini, Scania, Seat, Skoda, MAN e a própria Volkswagen.

E os tentáculos da Volkswagen ainda vão além: a empresa é dona de 20% das ações da japonesa Suzuki e recentemente comprou o estúdio de desenho automotivo Italdesign Giugiaro. Rumores ainda apontam o interessa da VW na Alfa Romeo, atualmente em posse do Grupo Fiat.
Fonte: Ig Carros

Novo Volkswagen Polo GTI: veneno concentrado


De olho no segmento abaixo do Golf, a Volkswagen apresentou no Salão de Genebra do ano passado o Polo GTI. A versão esportiva da quinta geração do hatch surgiu graças ao crescimento do Golf na passagem da quarta para a quinta geração, fato que deixou aqueles que procuravam um hatch esportivo pequeno e mais barato sem opção dentro da marca. O Polo “nervoso” trouxe então um conjunto de ingredientes que não era visto há tempos na Volkswagen. À imagem e semelhança do clássico Golf GTI e ainda com um poderoso motor sob o capô, o Polo tem credenciais para conquistar um público mais jovem. O preço é que não ajuda muito. A Volkswagen pede 23 mil euros – R$ 52.500 – pelo modelo já equipado com um impressionante câmbio de sete velocidades, com dupla embreagem e borboletas para trocas no volante.

O aspecto geral do Polo GTI é sóbrio, mas com uma agressividade latente. Efeito evidenciado pelas rodas de 17 polegadas através das quais é possível ver as pinças de freio pintadas de vermelho. Ao rebaixar o carro em 15 mm em relação às versões “comuns”, a Volkswagen também reforçou a vocação do GTI para andar mais forte, assim como pela calibração diferente da suspensão. O motor é fruto do “downsizing” – motores menores e mais eficientes – com um turbo e um compressor para tirar 180 cv do 1.4 litro com mais economia e menos emissões de poluentes que o Polo anterior, que também tinha 180 cv, porém extraídos do antigo propulsor 1.8 litro sobrealimentado. Apesar de pequeno, o bloco 1.4 produz bons 25,4 kgfm de torque constante entre 2 mil e 4.500 rpm. O consumo médio encosta nos 17 km/l, conforme divulgado pela marca, bom número ao se considerar que o carro é capaz de acelerar de zero a 100 km/h em 6,9 segundos e chegar aos 229 km/h.

Por dentro, o modelo não nega suas origens e apresenta um interior com linhas simples e funcionais. Os materiais inspiram qualidade e durabilidade, como é típico nos carros alemães. O volante revestido em couro e com a base achatada reforça a esportividade, assim como as costuras dos bancos em vermelho e as pedaleiras esportivas. Os bancos são sempre em tecido com a clássica padronagem quadriculada, marco dos GTI desde o primeiro Golf da década de 70. O pacote de equipamentos é dos mais completos, com ar-condicionado, direção eletro-hidráulica, seis airbags, controle de estabilidade – que não pode ser totalmente desligado – e diferencial eletrônico, que simula um diferencial autoblocante através dos sensores do ABS para melhorar a tração nas curvas.

O Polo compartilha plataforma com o Skoda Fabia e o Seat Ibiza, que também oferecem versões esportivas com o mesmo conjunto do modelo da Volkswagen, mas a um preço consideravelmente menor. A marca alemã joga, entretanto, com a tradição da sigla GTI para fisgar quem procura um esportivo pequeno, leve e com boa potência. Na Europa, além do Skoda e do Seat, o carro disputará mercado com as futuras versões esportivas do Ford Fiesta, o Renault SportClio 200 e o Opel Corsa OPC. A geração anterior do Polo GTI teve algumas unidades vendidas no Brasil entre 2006 e 2007 em uma série limitada a 100 carros equipados com a primeira versão do motor 1.8T de 150 cv. A nova geração do Polo ainda não tem data para chegar ao Brasil, tampouco o esportivo.
Fonte: WebMotors





quarta-feira, 9 de março de 2011

Curso de Mecânica Básica para mulheres

A Via Serra entende a importância em saber se livrar de situações complicadas quando se trata do seu veículo. Nem sempre temos alguém disponível para nos ajudar, então, convidamos você para participar do Curso de Mecânica Básica para mulheres.

E para facilitar ainda mais sua vida, a Via Serra reservou 2 vagas do curso para quem está no Twitter. Participe! Além de participar do Curso de Mecânica Básica para Mulheres, você pode ganhar prêmios especiais no curso.


Para participar do sorteio, siga o perfil da Via Serra no Twitter e retwitte a seguinte mensagem:
Eu quero participar do Curso de Mecânica Básica para Mulheres, na @ViaSerra, http://kingo.to/vfV.

sexta-feira, 4 de março de 2011

Volkswagen Multivan BlueMotion

Enquanto temos aqui a Kombi, a Volkswagen tem lá fora uma perua bem mais evoluída do que a nossa veterana. A Multivan agora ficou mais econômica pois ganhou a versão BlueMotion que está sendo apresentada no Salão de Genebra.

A Volkswagen Multivan BlueMotion utiliza um motor de 2,0 litros TDI CR, que tem até 115 cavalos de potência e ganhou soluções inteligentes para a redução de consumo, como a regeneração de energia, o sistema Start&Stop, câmbio ajustado para melhorar o consumo, pneus de baixo atrito e aerodinâmica melhorada. Com todas estas modificações a Multivan BlueMotion alcança o consumo médio de apenas 15,6 km/l, emitindo 169 g/km de emissões de CO2.
Fonte: Notícias Automotivas




Novo Jetta já tem data para chegar

O sedã terá versões com motor 2.0 flex de 120 cv e opção com turbo e câmbio DSG, e chega no Brasil no dia 24 de março.



Aposta da Volkswagen para conter o avanço de Honda Civic e Toyota Corolla nos Estados Unidos, o novo Jetta terá a mesma missão no mercado brasileiro.  E o modelo já tem data para chegar: 24 de março. Falta pouco. Por aqui, o sedã será oferecido nas versões com motor 2.0 flex de até 120 cv e o mais requintado 2.0 GLI com turbocompressor. Seus preços devem ficar próximos aos dos rivais orientais nas opções intermediarias, que custam em média R$ 70.000.
A modelo virá importado de Puebla, no México, com isenção de impostos, conforme previsto pelo acordo de livre comércio entre o país na América Central e o Brasil. Especula-se ainda que a montadora planeja também vender no Brasil uma terceira versão do novo Jetta, cujo preço deverá ficar abaixo de R$ 65.000. O lançamento é esperado para o segundo semestre de 2011.

O visual do sedã segue o padrão atual da marca, caracterizado pela grade com filetes cromados e o capô e faróis com desenho mais arrojado. No entanto, como acontecia na geração anterior, o Jetta não é mais um carro baseado na plataforma do Golf. O interior também segue a sobriedade típica da marca, com painel emborrachado e detalhes de alumínio.
A marca ainda não confirma, mas o Jetta 2012 será oferecido com opções de câmbio automático TipTronic e manual, provavelmente na versão de entrada para mais adiante. O modelo GLI virá com câmbio semi-automático DSG de 6 marchas e dupla embreagem. Ao chegar no mercado brasileiro, o lançamento substituirá o Jetta atual e o Bora, uma vez que os sedãs sairão de linha no México.
Fonte: Ig



terça-feira, 1 de março de 2011

Novidades Volkswagen no Salão de Genebra


A Volkswagen apresentou em conferência de imprensa hoje, 01/03, no Salão de Genebra 2011, o Tiguan e o Golf Cabriolet Restyling. A Volkswagen, reforçou a importância dos conversíveis de 4 lugares dentro da sua gama de automóveis, propondo novamente a capota de tecido (que se abre em apenas 9,5 segundo até 30 km / h) e renunciando ao clássic roll bar central. O Golf Cabriolet também tem um pára-brisa mais inclinado do que os modelos 3 e 5 portas e uma bagageiro de 250 litros. Os motores a diesel e gasolina oferecem uma gama de potência entre 105 e 210 cv com versões BlueMotion e transmissão de embreagem dupla DSG.



A Volkswagen também apresentou no dia 01/03 no Salão de Genebra a reestilização do Tiguan. O Volkswagen Tiguan foi reestilizado em base ao sucesso da primeira geração, que vendeu 572 mil cópias no mundo todo. As mudanças foram principalmente estéticas, alinhando a frente com o sistema family feeling do grupo e atualização do motor com uma redução média no consumo de 0,7 l/100 km. Os motores a gasolina tem potência entre 122 e 210 cv, enquanto as versões a diesel oferecem 110-170 hp.
Fonte: Carango

Confira mais fotos nos álbuns:
https://picasaweb.google.com/102525132683206160506/TiguanRestyling
https://picasaweb.google.com/102525132683206160506/VolkswagenGolfCabriolet