quinta-feira, 21 de Junho de 2012

Fundação Volkswagen entrega mais de 30 mil livros para instituições do Entre na Roda



A Fundação Volkswagen, responsável pelo investimento social da Volkswagen do Brasil há mais de 30 anos, iniciou neste mês de junho a entrega de mais de 30 mil livros para as instituições que participam do projeto Entre na Roda, em 59 municípios dos estados de São Paulo, Rio de Janeiro, Paraná e Minas Gerais. O diferencial dos "baús de leitura", compostos por 100 títulos cada, será a inclusão de dez títulos em Libras (Língua Brasileira de Sinais), que serão entregues à Escola Municipal de Educação Especial para Surdos Profa. Ilza de Souza Santos, em São José dos Pinhais (PR). A escola ainda vai receber outros 100 títulos do acervo padrão.

As publicações em libras serão as seguintes: “O Caso da Vara”, “A História de Aladim e a Lâmpada Maravilhosa”, “Uma aventura do Saci-pererê”, “Dom Quixote”, “Peter Pan”, “Cinderela Surda”, “Rapunzel Surda”, “Alice para crianças”, “O feijãozinho surdo” e “Fábulas” – que reúne em um único volume as fábulas “A cigarra e a formiga”, “A galinha dos ovos de ouro”, “A coruja e a águia”.

Os livros serão distribuídos com objetivo de auxiliar os educadores participantes das oficinas de formação, na implementação de rodas de leitura e outras atividades, orientadas pelo projeto. Além das turmas de São José dos Pinhais, os participantes do Entre na Roda em municípios do Estado de São Paulo (São Bernardo do Campo, polo Arealva, Mogi das Cruzes, Taquaritinga, Vinhedo, Andradina e Francisco Morato) e do Rio de Janeiro também receberão o material.

“A leitura é fundamental para o aprendizado e o desenvolvimento intelectual de todos os jovens em idade escolar e isso não é diferente com relação aos deficientes auditivos, que precisam de conteúdo literário adaptado. Além disso, esses livros irão facilitar o trabalho dos multiplicadores de conhecimento em sala de aula. Um mediador bem preparado dissemina e valoriza o prazer da leitura entre as crianças para toda a vida", afirma a diretora da Fundação Volkswagen, Conceição Mirandola.

O projeto

O Entre na Roda é desenvolvido desde 2003, pela Fundação Volkswagen, com a proposta de formar educadores, bibliotecários e voluntários de instituições públicas para estimular o gosto pela leitura em crianças, jovens e adultos. Para isso, ao longo de um ano os participantes passam por oito encontros de formação, com abordagem de vários gêneros: conto literário, novela, romance, teatro, poesia, jornal, entre outros. O projeto é realizado em parceria com o Centro de Estudos e Pesquisas em Educação, Cultura e Ação Comunitária (CENPEC) e as secretarias municipais e estaduais de educação e cultura.

Oferecido em duas modalidades – Ensino Fundamental e Educação Infantil – o projeto já atendeu a mais de 5 mil educadores em 276 municípios. Na cidade paranaense de São José dos Pinhais, o projeto foi lançado em março deste ano, com o objetivo de oferecer formação específica a mais de 120 educadores do Ensino Fundamental para atuarem como mediadores de leitura, beneficiando cerca de 3.600 alunos da rede pública.

Fundação Volkswagen

Ao longo dos mais de 30 anos de existência, a Fundação Volkswagen promove e realiza ações que contribuem para a melhoria da qualidade da educação pública e que fomentam o desenvolvimento social de comunidades de baixa renda. A estratégia de atuação baseia-se no desenvolvimento de um trabalho articulado em rede, por meio de parcerias entre os setores públicos, privados e a sociedade civil organizada (Organizações não-governamentais – ONGs), para, conjuntamente, implementar projetos que influenciem políticas públicas e que sejam sustentáveis a longo prazo.

A Fundação Volkswagen atingiu em 2011 a marca de 1 milhão de alunos atendidos em todo Brasil, em nove anos de atuação de seus projetos em Educação, que receberam investimentos de R$ 50 milhões, beneficiando 265 cidades e mais de 10 mil educadores. Os projetos também apresentam resultados expressivos na frequência de participação de alunos em aulas e melhoria de desempenho escolar.

Em 2012, a Fundação Volkswagen atenderá 95 municípios, em 7 estados, por meio de seus dez projetos, sendo sete de educação e três de desenvolvimento social. Do total de cidades, 43 receberão projetos da Fundação Volkswagen pela primeira vez.

Conheça os demais programas educacionais da Fundação Volkswagen:

Brincar - O projeto reconhece que o brincar livre é um direito da criança e oferece formação para os profissionais de Educação Infantil (pré-escola e creche) para o aprimoramento de suas práticas com relação ao desenvolvimento de atividades lúdicas, expressivas e recreativas com as crianças. A ação busca resgatar e oferecer um repertório de brincadeiras, jogos e brinquedos da cultura brasileira e estimular a reflexão sobre a importância do brincar livre no desenvolvimento infantil. O material de apoio é um dos destaques da ação, composto por livro com referenciais teóricos, DVD com brincadeiras e cirandas e fichas com o passo a passo de atividades com corda, roda, entre outras.

Estudar pra Valer! - O projeto forma educadores para alcançar a melhoria na qualidade de aprendizagem dos estudantes, em especial das capacidades de leitura e escrita. O projeto distribui material didático aos alunos e professores, com sugestões de atividades para serem trabalhadas em sala de aula. Esse material propõe atividades de leitura, produção de texto e oralidade com situações concretas, reforçando o uso da língua como função social.

Aceleração da Aprendizagem - Reduz a defasagem idade-série no primeiro ciclo do Ensino Fundamental, evitando a evasão escolar. Por exemplo, um aluno multirrepetente, que estuda em uma série com colegas bem mais novos, pode ficar desmotivado. O projeto oferece formação aos educadores para trabalharem individualmente os alunos multirrepetentes em classes de aceleração, de forma intensiva, corrigindo também problemas de alfabetização com aulas de reforço no contraturno escolar. Após dois anos na sala de aceleração, esses alunos estarão preparados a ingressar na série adequada com alunos da mesma idade.

Confira a lista dos municípios que receberão os “baús de leitura”:

Agudos, Américo Brasiliense, Amparo, Andradina, Arealva, Avaí, Avaré, Balbinos, Bento de Abreu, Buri, Cabrália Paulista, Campo Limpo Paulista, Campos do Jordão, Capela do Alto, Castilho, Diadema, Dumont, Francisco Morato, Guaraçai, Guararapes, Guararema, Iacanga, Ilha Solteira, Indaiatuba, Itapura, Itirapina, Itupeva, Jacareí, Lavínia, Leme, Lençóis Paulista, Miracatu, Mogi das Cruzes, Monteiro Lobato, Murutinga do Sul, Nova Independência, Nova Odessa, Pereira Barreto, Pirajuí, Piratininga, Pongaí, Presidente Alves, Reginópolis, Rubiácea, Santa Ernestina, São Bento do Sapucaí, São Bernardo do Campo, São Luis do Paraitinga, São Paulo, Sud Mennucci, Suzanapolis, Taquaritinga, Ubirajara, Uru, Valparaíso, Vinhedo – todas no estado de São Paulo, além de Rio de Janeiro-RJ, São José dos Pinhais-PR e São Gonçalo do Sapucaí-MG.

Sem comentários:

Enviar um comentário